Dica Referencial - Enduro Equestre - Treinamento para Cavalos


Enduro Equestre - Treinamento para CavalosAntes de tudo, para obter bom desempenho nas provas de Enduro Equestre é importante que cavalo e cavaleiro tenham um perfeito entendimento entre si. Desta maneira,um dos principais pontos trabalhados no treinamento para cavalos de enduro é a orientação dos donos dos animais, que são na maioria das vezes os próprios cavaleiros.

O cavaleiro deve montar seu animal o maior número de vezes possivel antes das provas, pois só assim se criará um laço de amizade, conhecimento e confiança entre o conjunto.

O treinamento dos animais propriamente dito deve ser iniciado graduativamente, começando com trabalho leve em trilhas, no minimo 3 vezes por semana, de 20 a 30 minutos, conforme  o desempenho do animal aumentamos o tempo para 60 minutos. A partir daí, passamos a treinar de 5 a 6 vezes por semana, com alternados exercicios em pista, natação e trilhas que se tornam mais longas e rápidas com o passar do tempo.

O critério de treinamento é baseado nos fundamentos da fisiologia do exercício.Com dois ou três meses de treinamento, o coração, o pulmão e a musculatura do cavalo já estão aptos a serem submetidos a uma prova de enduro leve. Porém, para se condicionar estruturas menos densas como tendões, ligamentos, articulações e estruturas de casco, são necessários de 6 a 10 meses de trabalho.

Os animais de enduro devem passar a maioria do tempo soltos. A suplementação feita com concentrados deve ser de baixa proteína e alta energia. O treinamento envolve, além da determinação da distância e intensidade também o tipo de prova que o animal vai participar. Provas de velocidade livre variam entre 50 e 160 km e exigem, portanto, um tipo de treinamento mais específico, pois o esforço a que o cavalo é submetido é muito grande, mas independente do tipo de prova, inicialmente é necessário para todas as categorias que se forme uma base aeróbica, para que depois o cavalo seja direcionado a um treinamento mais específico.

Tendo um animal bem trabalhado evita contratempos durante a competição e principalmente preserva a integridade fisica de seu cavalo, pois afinal uma boa prova de enduro acontece quando conseguimos aproveitar o contato com a natureza e nosso cavalo na sua mais legitima essência.  


Fonte: Referencial C.E