Dica Referencial - Freio para seu Cavalo


Freio para seu CavaloMuito cavaleiros tem dificuldade em sentir se o freio usado é o equipamento ideal para seu cavalo,a melhor maneira para descobrir é durante o trabalho, observando algumas reações que indicam se o cavalo está confortável com o equipamento.

Um cavalo que reage positivamente ao freio não oferece resistência à ação dele, submetendo-se as pressões sem qualquer tipo de reação,ou seja, toda vez que é submetido a pressões gerando flexionamento de nuca ou pescoço, ou mesmo quando o freio é acionado para qualquer outro comando, o cavalo responde com suavidade.

Todos movimentos realizados contra a pressão do freio, isto é, quando o cavalo balança a cabeça ou abre excessivamente a boca, são indicios de má adaptação ao uso do freio.Normalmente a solução mais usada seria diminuir a ação do freio trocando o mesmo por um embocadura mais branda. É preciso também verificar se a barbela não está muito apertada, o ideal é que caibam 2 dedos entre a barbela e o queixo do cavalo.

A boca do cavalo não deve receber toda a pressão da equitação, pois está deve ser distribuida em outros pontos de sensibilidade do cavalo como costela  e lombo. O contato das pernas com a costela e a postura do cavaleiro na sela, através da posição do corpo são pontos fundamentais para que o cavalo não sinta uma sobrecarga na ação do freio.

Acidentes como corte na lingua, ferimentos nas barras ou no queixo do cavalo, atrapalham e muito a sensibilidade do cavalo. Assim, procure desenvolver o seu trabalho respeitando a sensibilidade que o cavalo tem na boca, cortes e ferimentos são sempre negativos para o progresso de cavalo. Normalmente os acidentes na boca do cavalo são provocado por situações em que o cavaleiro excede a força aplicada ao freio.

É preciso lembrar que todo ferimento ocorrido na boca do cavalo é causado pela mão do cavaleiro e não pelo freio, portanto é necessario que o cavaleiro saiba de suas limitações, adaptando um freio adequado a sua sensibilidade, quanto mais força na mão mais brando deve ser o freio, o mais importante do que o equipamento é a peça que está atrás das rédeas, ou seja , o próprio cavaleiro, este tem um papel decisivo no progresso do treinamento de um cavalo, devendo sempre aprimorar sua sensibilidade e equitação.



Fonte: Referencial Centro Equestre