Dica Referencial - Primeiros Socorros - Enquanto o veterinário não chega.


Primeiros Socorros - Enquanto o veterinário não chega.  Em um momento dificil,saber diferenciar entre problemas graves e leves é um pré requisito para proporcionar a um cavalo doente as melhores condições para seu pronto reestabelecimento. Nestes casos muitas vezes as aparências enganam, um corte grande mas superficial no membro de um cavalo pode parecer mais feio do que é na realidade, assim é necessario manter a calma e avaliar a severidade das lesões.

  Tudo deve ser analisado, frequencia respiratória, temperatura corporal, condições mentais, capacidade de locomoção e sangramentos.

   Em muitas emergência , o melhor que o proprietário pode fazer é manter o cavalo calmo até a chegada do veterinário,mesmo em situação de dor e desconforto, um cavalo muitas vezes responde de maneira positiva à presença , a o toque e à voz de alguém que ele conheça.

   É importante anotar todos sinais vitais do cavalo, para o veterinário em sua chegada avaliar a evolução do quadro rapidamente.

Atitudes a tomar:

- Em caso de corte com sangramento, estancar o sangue, o que pode ser feito com qualquer tipo de atadura de pressão, na falta pode usar panos limpos;

- Em suspeita de cólica, aplicar analgésico injetável, só se você tiver experiência em fazê-lo ( é uma boa idéia pedir treinamento ao seu veterinário para aplicação de injeção intramuscular e endovenosa),
se o cavalo apresentar condições realizar caminhadas leves;

- Em suspeita de fratura, não movimentar o cavalo e colocar gelo no local.

Uma boa caixa de primeiros socorros pode fazer a diferença em uma emergência.

Lista dos materiais que a mesma pode conter :

-Têrmometro,
-Lanterna ,
-Gaze,
-Alcool,
-Solução fisiológica,
-Ataduras,
-Algodão,
-Analgésico ,
-Pomada anti - inflamatória,
-Spray cicattrizante,
-Seringa de 10 e 20 ml,
-Agulha de veia e músculo.









Fonte: Referencial Centro Equestre