Dica Referencial - Garrotilho


GarrotilhoGarrotilho é uma afecção comum em cavalos, acontece com mais frequencia em cavalos jovens, isso porque eles normalmente são imunologicamente mais suscetíveis, especialmente na desmama.

Apesar de ser possivel que a infecção ocorra em qualquer época do ano, os surtos acontecem principalmente em periodos frios e úmidos.

Os sintomas  do Garrotilho são semelhantes aos da gripe, febre, falta de apetite, catarro no trato respiratório, seguindo-se de inchaço e formação de abscessos nos maxilares. Os cavalos ainda permanecem de cabeça baixa e o pescoço distendido, o que revela um certo desconforto.

De dois a seis dias de infecção , o animal apresenta uma marcada depressão, sente dor e uma forte tosse , que rapidamente se transforma em descarga nasal mucopurulenta.

Uma vez detectada a doença é recomendado o isolamento do cavalo, devido ao rápido contágio da bactéria.

  O tratamento desta doença é relativamente simples e eficaz, o antibiótico a ser usado é a penicilina benzatina via intramuscular.

É muito impotante que o animal afetado faça repouso completo e se já houver abscessos não é recomendado o uso de antibióticos, pois eles retardam a maturação, o indicado é antiflamatórios não-esteróides, acompanhado de compressas quentes sobre o abscesso.

A vacinação pode reduzir a incidência e a gravidade da doença, mas deve ser utilizada como prevenção e não após ser detectada a doença.


Fonte: Referencial Centro Equestre